Jump to content
×
×
  • Create New...

Ricardo

Members
  • Content Count

    17,532
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    62

Ricardo last won the day on September 6

Ricardo had the most liked content!

Community Reputation

1,880 Excellent

About Ricardo

  • Rank
    IKYWT
  • Birthday 12/11/1990

Recent Profile Visitors

870 profile views
  1. Não sei mas de facto o trabalho deve estar a avançar depressa. Cheira-me que já devem ter muito mais músicas regravadas do que parece. Entretanto nada sobre o Speak Now e acho isso inaceitável 😞
  2. Comprei o CD do "Into The Wild", ler o livro fez-me relembrar o quão incrível a banda sonora do filme é. ❤️
  3. Ricardo

    Leituras

    84 anos depois, finalmente li o "Into The Wild". Se a Ana ainda aqui estivesse mandava-me um tiro por ter demorado tanto tempo, não sei porque raio levei tantos anos a fazê-lo. Vou começar agora o "Wild", sobre a senhora que se fartou da vida e foi fazer o Pacific Crest Trail.
  4. A WANEGBT é perfeita e quem disser o contrário leva porrada
  5. Ora ultimamente revi o "A Quiet Place: Part 2" (que já tinha dito que adorei), vi o "Escape Room" (nada mind blowing mas foi engraçado) , vi o "The Suicide Squad" (que é tão melhor que o de 2016 que até dá pena), vi o "Tom and Jerry" (meio fraquinho, vale a pena pela Chloe Moretz porque obviamente) revi o Shaun Of The Dead (é do Edgar Wright, nem é preciso dizer nada ❤️ ) e vi o Vivo (história super previsível mas é fofinho). Sinto que me esqueci de um ou outro mas isto tem sido non stop
  6. Ricardo

    All Too Well

    Tomei a liberdade de corrigir esse post.
  7. Ricardo

    Leituras

    Só hoje tive coragem para acabar o Ready Player Two, tive de o pousar vários meses porque nunca pensei que fosse tão fraquinho. Ainda mais considerando o quanto adoro o primeiro livro e filme, nunca na vida esperava uma sequela tão desapontante.
  8. Vi o Black Widow, mas acho que não o vi com a disposição certa. Estava cheio de sono e meio "nem aí". Sinto que vou gostar bastante mais numa segunda visualização, daqui a uns tempos.
  9. Vi ontem o Skater Girl que está no Netflix. Vejo carradas de filmes tecnicamente perfeitos que não me dizem nada emocionalmente e do nada aparece uma coisa destas que, não tendo um guião revolucionário de forma alguma, me mandou um estoiro nos sentimentos que fiquei horas saber que camião me passou por cima. Talvez a minha reacção tenha sido um pouco amplificada por ter feito voluntariado e ter visto em primeira mão crianças rir e divertir-se com coisas simples, que para nós são insignificantes, como um carrinho de brincar feito com uma garrafa de sumo e tampas a fazer de rodas. Acr
  10. Ontem vi "A Quiet Place: Part 2" e depois do incrível filme original só se esperava uma sequela igualmente excelente
  11. Eu desde que vi o magnífico e mindblowing spoiler que tenho estado a rir-me tanto interiormente que ainda nem tive coragem de ver esse filme Hei de ver só pela Emma Stone.
  12. Gostava de apontar o facto de nesse filme um dos personagens comentar que ninguém gosta do Reino Unido
  13. Terminada a Eurovisão deste ano, vou só deixar isto aqui: Victoria de Angelis Stefania Liberakakis
  14. Epá SIM, assim que ele apareceu esmifrei-me a rir E não sei se repararam mas a banda da Finlândia tinha umas máscaras de papel para pôr à frente da cara, algumas tinham a foto desse actor e outras diziam "PLAY JA JA DING DONG!". Durante aqueles momentos em que passam pelos artistas sentados viu-se eles todos com essas máscaras na cara Ja Ja Ding Dong é uma lenda. Também não esperava que ganhasse a Itália, não era a minha favorita mas não me chateia. Eles estavam super felizes a chorar por todo o lado ❤️ De resto estava a torcer pela França (a Voilá é uma obra-prima, aquela música n
  15. Sem a Ja JA Ding Dong nem vale a pena Ainda assim os gajos têm uma pinta do caraças Não gostei nada da música ao início, a cena de ter uma música em inglês não me caiu muito bem, mas confesso que ontem gostei muito de ouvir. Também verdade seja dita, metade das músicas da segunda semi-final eram tretas genéricas (não vamos falar daquela coisa que a Letónia apresentou ), a nossa ainda consegue ser das mais únicas.