Jump to content
×
×
  • Create New...

Leaderboard

Popular Content

Showing content with the highest reputation on 07/26/2020 in all areas

  1. @lee jackman Isso é perfeitamente natural, nada de errado. É como a @Vera disse, talvez dando um tempo comece a "clicar" Pessoalmente sinto que isto é álbum para ser ouvido num certo estado de espírito e na ocasião certa. Não me vejo a pô-lo a tocar enquanto faço exercício ou se estiver muita gente na sala como faria com o 1989, mas parece perfeito para viagens de carro mais longas ou para relaxar com um copo de vinho.
    4 points
  2. Já viram como ela conseguiu escrever um álbum destes em tão pouco tempo? Respect. Tão fora do registo dela.
    3 points
  3. @Kika recomendo: - O assassinato de Gianni Versace -sex Education - wild wild country -dont fuck withe cats 😉
    2 points
  4. wow, hoje estive na praia sozinho e pus esta música com os auscultadores e senti cada batida dela, foi um experiência muito boa.
    2 points
  5. Esta música está no meu top 5 deste album, ando a consumi-la constantemente. And women like hunting witches too Doing your dirtiest work for you It's obvious that wanting me dead Has really brought you two together eu não sei bem, mas este verso parece que é uma indirecta para as mulheres (demi e ariana) que ficam do lado dele (scooter) ou demonstram ficar . Não tenho a certeza mas fez-me pensar.
    2 points
  6. 1989, Red, folklore🙂
    2 points
  7. Está música primeiro estranha-se depois entranha-se. Achei muito esquisita quando a ouvi por causa da voz do Justin, e até ao primeiro refrão, mas agora estou sempre a ouvir. Adoro. E o Joe... Dizem que ele também escreveu esta música (e a Betty)... que é o William Bowery que ninguém sabe quem é. 🙂
    2 points
  8. Últimas coisas que eu vi e recomendo: - Sucession. Drama familia sobre um império de media americano. É um bocado pastoso porque os episódios são grandes e não há muita acção. Mas é delicioso porque aquilo é uma familia cheia de ... não há outro nome, filhos da p ... que andam sempre no backstabbing uns aos outros e tem cenas bastante icónicas. - Warrior Nun. Sucesso teen deste verão na Netflix. A actriz principal é portuguesa. É daquelas séries medianas para ver sem puxar muito pela cabeça. Não é transcendentemente boa, mas vê-se bem. - Killing Eve. Esta é sobre uma serial kill
    2 points
  9. Têm seguido o movimento do #freebritney? Eu tenho andado a pesquisar bastante sobre a cena da conservatorship dela e da história dela e wow...
    1 point
  10. Esta é das que menos ouço atualmente. Pode vir a mudar.
    1 point
  11. A BRIDGE eu quase choro! You're a flashback in a film reel on the one screen in my town Dai a tela no video lyric 🤩
    1 point
  12. Acho que finalmente a malta que não é fã está a apreciar a compositora que existe por trás da lenda pop, e espero que isto seja finalmente o ponto de viragem para o publico em geral achar que Taylor Swift é só para malta básica em termos de gostos musicais. Também acho que este álbum é o primeiro sinal que ela possivelmente irá transitar de estrela pop para compositora respeitada dentro de alguns anos e manter a ligação ao mundo da musica a escrever para outros - não acho impossível que ela continue a lançar material próprio, mas não penso que vá tentar continuar relevante na esfera do po
    1 point
  13. concordo que o álbum é demasiado longo, podia ter menos 3 músicas, mas eu fico contente que a Taylor tenha ido para este registo de música. adoro músicas do género (são perigosas para a minha cabeça mas gosto). Como o @Ricardo disse, uma boa taça de vinho no sofá e folklore é tudo. imaginem quando vier o outono. Eu em algumas não presto muita atenção ás letras, os instrumentais fazem o trabalho todo. 🥰
    1 point
  14. get used to it. she's grown up. 😉 @RedRedRed Vai postando mais 🙂
    1 point
  15. is it the first time she sang "fuck you"? my face felt red ...
    1 point
  16. Provavelmente já conheces mas caso não tenhas visto, Stranger Things. Aquela terceira temporada é tudo Também falam super bem da Dark mas essa ainda não vi.
    1 point
  17. esta música é tão mas tão especial 😔
    1 point
  18. Track 5 não desilude. Esta música é bastante óbvia se considerarem que é sobre a Big Machine/Scott Borchetta. And I can go anywhere I want Anywhere I want, just not home And when you can't sleep at night (You hear my stolen lullabies)
    1 point
  19. she had me at And that's the thing about illicit affairs And clandestine meetings and longing stares It's born from just one single glance But it dies and it dies and it dies A million little times this was so damn spot on as well You taught me a secret language I can't speak with anyone else And you know damn well For you, I would ruin myself A million little times na totalidade talvez não mas esta música chegou-me mesmo
    1 point
  20. gostei muito do story telling que esta música trás a letra, no seu todo, fez-me pensar o seguinte: as pessoas vão sempre apontar o dedo para criticar, vão sempre dizer que frito e cozido teria sido melhor, mas não há nada que possa se fazer quanto a isso, o que importa é aproveitar todos os momentos que temos da melhor forma que conseguimos e o que der para o torto deu
    1 point
  21. Há gente que não gosta do 1989 aqui? Oo
    0 points